Foi em meados da década de 1970 nos subúrbios Nova Iorquinos, que por entre problemas sociais como a pobreza e o racismo, emergiu o movimento artístico HIP-HOP como alternativa a um sistema marginalizado. Em Portugal o Hip-Hop surge em meados dos anos 90 num momento de alguma instabilidade social e económica.

O Hip-Hop é composto por 4 elementos que marcaram uma nova era de desenvolvimento social e artístico, e são eles, o DJ (Deejay / Disc-Jockey), o MC (Mestre de Cerimónias), o Break Dance (b-boying), e o Graffiti.

O elemento dança foi o um dos grandes pilares para o crescimento desta cultura, pois ao longo dos anos foi-se ramificando pelos seguintes estilos:

Locking

Popping

House

New Style

Este movimento artístico tem vindo a provar a sua qualidade no que diz respeito à integração e às relações sociais pois é caracterizada por uma simplicidade e uma riqueza cultural/artística que faz com que todos os seus intervenientes adoptem a mesma como estilo de vida.

“A arte de dançar é o culminar de uma descoberta interior para uma felicidade eterna!”

 

Pedro Canilhas

Diretor Técnico de Hip-Hop

 

 
: